AS MUDANÇAS NA ALIMENTAÇÃO DOS BEBÊS


Tanto para as crianças amamentadas exclusivamente ao seio materno quanto para as crianças que se alimentam de fórmulas infantis, a introdução alimentar deve ocorrer a partir dos seis meses, idade na qual as crianças estão tanto melhores neurologicamente como fisiologicamente mais preparadas para receber outros nutrientes com menor risco de desenvolverem alergia alimentar.

Nessa idade, muitas já estão sentando e ganhando seus primeiros dentinhos .... o domínio e a coordenação de pegar um objeto e levá-lo a boca torna-se melhor a cada dia.... sua visão está em desenvolvimento rápido e consideravelmente mais definida ... nessa fase encontramos uma grande janela de oportunidades para ensinar e além disso , manter uma dieta saudável para a criança.

Então basta interpretarmos tudo isso e ajudá-los nessa nova conquista .

Podemos introduzir os alimentos de duas formas: 1) Modo tradicional , que seria através das conhecidas papas , ou 2) através de um método britânico chamado Baby Led Weening ( que significa: Desmame Guiado pelo Bebê), no qual os alimentos são expostos em pedaços seguros as crianças e elas podem ter a autonomia de escolhê-los , saborea-los, aceita-los ou devolvê-los.

A diferença, os prós e os contras de cada método pode ser discutido com o pediatra de sua confiança , o qual estará preparado para orientá-lo na sua escolha ....

Quanto aos alimentos, atualmente temos a recomendação de oferecer apenas frutas ou papas de frutas aos bebês no lugar dos sucos de antigamente e , como a introdução alimentar está preconizada para ocorrer a partir do sexto mês, a apresentação das papas principais ( almoço e jantar ) ocorrem mais rapidamente, ou seja, até o sétimo mês a criança já estará com todas as refeições no seu cardápio .

Também sabemos que alimentos contendo glúten devem ser apresentados entre 6 e 7 meses e que isso diminui o risco de Intolerância ao glúten

Outras recomendações são oferecer água em copo de transição , gema e clara de ovo a partir de 6 meses e suplementação com ferro, em dose profilática, mantendo a reposição de vitamina D.

A " Papa salgada" passou a chamar-se "Papa Principal", pois não devemos colocar sal nas refeições dos bebês até 2 aninhos de idade, se possível. Assim como o sal, devemos evitar a apresentação de açúcar até os dois anos ou mais, se conseguir. O mel pode ser apresentado a partir de um ano.

Na fase de introdução alimentar e muito comum o bebê apresentar constipação intestinal e para evitar isso a melhor coisa eh tentar oferecer alimentos laxativos , água , azeite extra virgem e uma dieta composta por todos os grupos alimentares orientados pelo seu pediatra.

Para termos segurança e para conseguirmos estabelecer limites alimentares seguros aos nossos filhos, netos ou sobrinhos, devemos saber que as crianças que estão iniciando sua alimentação não conhecem sabores como nos adultos e por isso não sentirão falta de alimentos contendo sal, açúcar, temperos artificiais ou corantes. E assim conseguimos cuidar melhor da saúde de todos e evitar doenças na vida adulta como obesidade, cancer, hipertensão, insuficiência renal, alergias alimentares, diabetes, entre outras.

Sabemos que a criança bem alimentada poderá viver 100 anos com boa qualidade de vida e também poderá se beneficiar e se proteger das doenças crônico degenerativas se conseguirmos cuidar , vigiar, manter e orientar sua Nutrição.

#alimentação #papinhas #bebes #mudançanaalimentação

Posts Em Destaque
Posts Recentes